Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6237
Document Type: Tese
Title: Religião e política no campo evangélico contemporâneo : ancoragens, homologias e retraduções
Authors: Santos, Gilberto de Moura
Issue Date: 19-Feb-2016
Advisor: Lima, Marcus Eugênio Oliveira
Resumo : A presença de atores religiosos na construção do debate público é, no Brasil, indisfarçável. Nesta senda, merecem destaque as igrejas evangélicas. Algumas denominações são relativamente capazes de mobilizar seus membros em torno de demandas específicas ou até de projetos políticos mais amplos. Entretanto, filiações religiosas não definem, per se, adesões políticas. Aliás, relações de afinidades entre ambas as esferas são, normalmente, parciais, além de muito complexas. É verdade que um fiel engajado, a fim de justificar seus posicionamentos políticos, tenderá a evocar concepções religiosas disponíveis no grupo ao qual pertence. Mas tal fato não produz, necessariamente, convergências identitárias muito estáveis no grupo, vez que as concepções religiosas ou políticas são incessantemente retraduzidas pelos agentes. Deste modo, as homologias suscitadas aqui e as regularidades nas ações dos indivíduos são contingentes, no entanto, sempre possíveis. Ocasionalmente, elas se traduzem em modos de participação, de inserção dos fiéis nos espaços públicos, adesões políticas e discursos de alguma maneira ancorados a formas peculiares de vivenciar a religião. Sendo assim, indaga-se inicialmente: que tipos de articulações entre religião e política estão sendo produzidas nos espaços sociais que interessam a esta investigação? Tais homologias ensejam regularidades significativas, definições identitárias? Para enfrentar estes problemas, recorreu-se a uma pesquisa centrada na observação participante que pretendeu cotejar os posicionamentos políticos empreendidos pelos fiéis evangélicos enfocados neste trabalho e as justificativas religiosas por eles mobilizadas. O que implicou uma análise dos diferentes discursos que buscam justificar a participação dos atores religiosos no debate público. A Tese ainda perquiriu convergências de maior alcance no discurso evangélico contemporâneo, razão pela qual foram elencadas na investigação duas denominações muito diferentes entre si: os tradicionais e os pentecostais de segunda onda. A despeito da diversidade encontrada no interior dos grupos estudados, e das singularidades de cada denominação religiosa, a pesquisa se deparou com um tipo discurso, difundido em graus variados nos espaços religiosos, denominado aqui de conservadorismo pragmático.
Abstract: The presence of religious actors in the construction of public debate is, in Brazil, undisguised. Thus, we highlight the evangelical churches. Some denominations are relatively able to mobilize its members around specific demands or to broader political projects. However, religious filiations do not define political memberships. Affinity relationships between the two spheres are usually partial, and very complex. It is true that a faithful engaged in order to justify their political positions, will tend to evoke religious views available in the group to which it belongs. But this fact does not necessarily produce very stable identity convergences in the group, since the religious or political ideas are constantly retranslated by agents. Thus, the homologies raised here and regularities in the actions of individuals are contingent, however, always possible. Occasionally, they translate into modes of participation, inclusion of the faithful in public areas, political memberships and speeches somehow anchored to particular ways to experience religion. So it initially asks: what types of links between religion and politics are being produced in different social areas of interest to this investigation? Such homologies produce significant regularities, identity definitions? To tackle these problems, we used a focused research on participant observation that it intended to collate the political positions undertaken by evangelical believers focused on this work in the face of religious justifications for them mobilized. What entailed an analysis of the different discourses that try to justify the involvement of religious actors in the public debate. The thesis also searched far-reaching convergences in the contemporary evangelical discourse; also why, they were listed in the investigation two very different denominations: the Traditional and the second wave Pentecostals. Despite the diversity found within the studied groups, and the uniqueness of each religious denomination, the survey encountered a type of speech, widespread in varying degrees in religious spaces, it is called here pragmatic conservatism.
Keywords: Sociologia
Religião e sociologia
Religião e política
Ciência política
Conservantismo
Discussões e debates
Políticos
Religião
Política
Identidades
Debate público
Conservadorismo pragmático
Religion
Politics
Identities
Public debate
Pragmatic conservatism
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Sociologia
Citation: SANTOS, Gilberto de Moura. Religião e política no campo evangélico contemporâneo : ancoragens, homologias e retraduções. 2016. 263 f. Tese (Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6237
Appears in Collections:Doutorado em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GILBERTO_MOURA_SANTOS.pdf2,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.