Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6260
Document Type: Dissertação
Title: Processos identitários e a produção da presença chinesa em Aracaju
Authors: Goes, Allisson Gomes dos Santos
Issue Date: 26-Apr-2013
Advisor: Ennes, Marcelo Alario
Resumo : Esta dissertação procura compreender os processos identitários produzidos a partir e na presença de imigrantes chineses em Aracaju. O problema de pesquisa refere-se à produção da presença chinesa a partir do campo econômico na cidade de Aracaju. Este trabalho inscreve-se nos estudos sobre as migrações internacionais, mais precisamente entre aqueles que se dedicam aos processos migratórios para o nordeste brasileiro nos últimos anos. O trabalho também se inscreve no debate sobre identidades e lança mão do campo como parâmetro analítico. A noção de identidade é entendida neste trabalho como relações de poder que, por sua vez, são geradoras de localização, classificação e hierarquização, mas também, de contestação e transgressão. A utilização do referencial de campo se justifica por permitir construir analiticamente as disputas e tensões necessárias à produção das identidades. Diante do quadro empírico e tendo em vista que não pretendia fazer um estudo amostral, pareceu mais adequado substituir a noção de amostra pelo de corpus de pesquisa, ou seja, um conjunto de dados que estavam diretamente relacionados com o meu objeto de estudo. Desta maneira, utilizei procedimentos de pesquisa que foram da pesquisa documental, às fontes orais, passando pela observação direta. Os resultados obtidos mostram que os processos identitários em Aracaju podem ser entendidos a partir das relações dialógicas. Deste modo, não há somente um sentido de ser chinês. Ser chinês é construído por meio das heteronomeações e das automeações, um jogo no qual os chineses são nomeados e também se nomeiam. Os brasileiros dizem o que eles são e, os chineses, num movimento de contra nomeação, resistem às nomeações presentes como quase um consenso no campo econômico. E, por fim, a presença chinesa vai sendo produzida nas oposições (positivo-negativo) fruto das perturbações que uma presença estrangeira causa, principalmente, no campo econômico.
Abstract: This work aims to understand identity processes created because and within Chinese immigrants in Aracaju. The research problem refers to the production of Chinese presence from the economic perspective in Aracaju. This work enrolls on international migration studies, precisely between those dedicated to migratory processes to Brazilian northeast in recent years. This work also enrolls on the debate about identities and uses the field as analytical parameter. This work understand identity notion like power relations which generate location, classification and ranking, and also contestation and transgression. The use of field framework justifies itself by allowing an analytical construction of challenges and tensions, necessary to identity production. Due to the empirical scenario and a view that it was not intended to study samples, it was more appropriate replace sample notion with corpus research notion, in other words, a data set direct related to my study object. In this way, I used research procedures from document search, oral sources and direct observation. Results show identity processes in Aracaju may be understood by dialectic relations. Thereby, there is no sense on being Chinese. Being Chinese is built by nominations, a game in which Chinese names themselves and also are named by others. Brazilians say what Chinese are and, on the other hand, Chinese resists to these nominations with an almost unanimous economic consensus. Finally, Chinese presence is being made on oppositions (positive-negative) as a result of disturbs that a foreigner presence causes, especially, in economic field.
Keywords: Migração
Identidade social
Chineses
Migração
Chinese
Emigration and immigration
Group identity
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
Language: por
Program Affiliation: Pós-Graduação em Sociologia
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6260
Appears in Collections:Mestrado em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALLISSON_GOMES_SANTOS_GOES.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.