Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6379
Document Type: Dissertação
Title: Níveis de lisina digestível em rações para frangos de corte : desempenho, deposição de nutrientes e expressão gênica
Other Titles: Dietary digestible lysine levels for broilers: performance, nutrient deposition and gene expression
Authors: Dias, Thiago do Nascimento
Issue Date: 27-Feb-2015
Advisor: Brito, Claudson Oliveira
Resumo : Os aminoácidos são constituintes básicos das proteínas e o uso de rações equilibradas em aminoácidos essenciais contribui para o aumento do desempenho animal, favorecido possivelmente pelo aumento da expressão de genes específicos. O experimento foi desenvolvido no Núcleo de Estudos Avançados em Avicultura do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Sergipe. Foram utilizados 252 frangos de corte, machos, da linhagem Cobb 500 até 42 dias de idade. Até os sete dias de idade as aves foram criadas em galpão de alvenaria com piso coberto com maravalha e após essa idade, aves foram distribuídas em gaiolas de metabolismo num delineamento inteiramente casualizado em quatro tratamentos com sete repetições de nove aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de rações com quatro níveis de lisina digestíveis, 1,016; 1,099; 1,182 e 1,265% para a fase de 8 a 21 dias e 0,923; 0,998; 1,073 e 1,148% para a fase de 22 a 42 dias de idade, sendo isoenergéticas e isoproteicas. As características avaliadas foram: ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar; rendimento de carcaça e partes; deposição de nutrientes e expressão de genes no músculo Pectoralis major. Quatro aves por tratamento foram abatidas aos 21, 35 e 42 dias de idade para retirada de cinco gramas de tecido muscular e amplificação do cDNA, com uso dos primers específicos para os genes alvos. A expressão foi analisada usando a Reação em Cadeia da Polimerase em tempo real (RT-qPCR). O ganho de peso e a conversão alimentar foram influenciados positivamente pelo aumento da lisina digestível nas rações. Para rendimento de carcaça e partes, o peito foi a única variável influenciada pelo aumento de lisina nas rações. Nas diferentes idades de criação, verificou-se que houve acréscimo no ganho diário proteico quando utilizados 1,265 e 1,148% de lisina digestível. Para expressão gênica, não foi observado efeito significativo da lisina sobre os genes avaliados (ND1, ND2, COX I, COX II, COX III, Cyt b e ATP6). Baseado nas informações obtidas conclui-se que rações ajustadas com níveis de lisina digestível para as fases de 8 a 21 e 22 a 42 dias, proporcionam maior desempenho e deposição de proteína corporal. Porém, não influencia na expressão de genes da cadeia transportadora de elétrons e fosforilação oxidativa no músculo Pectoralis major de frangos de corte machos.
Abstract: Amino acids are the building blocks of proteins, and the use of balanced diets with essential amino acids increases animal performance favored by the increased expression of specific genes. The experiment was conducted in Advanced Laboratory of Poultry of Department Animal Science of the Federal University of Sergipe. Two hundred and fifty two male broilers chickens were used up to 42 days old. For the first seven days of age the birds were reared in broiler house with floor covered with wood shavings. After this age, the birds were distributed in metabolism cages in randomized design with four treatments and seven replicates of nine birds per cage. The treatments consisted of diets with containing four levels of lysine, 1.016; 1.099; 1.182 and 1.265 % for the period from 8 to 21 days of age and 0.923; 0.998; 1.073 and 1.148 % for the period from 22 to 42 days, being isoenergetics and isonitrogenous diets. The characteristics evaluated were: weight gain, feed intake, feed conversion; carcass yield and parts; deposition of nutrients and gene expression in the Pectoralis major muscle. Four birds per treatment were slaughtered by cervical dislocation at 21, 35 and 42 days of ages for removal of five grams of muscle tissue and amplification of the cDNA using primers specific for the target genes. Expression was analyzed using the Real-Time Polymerase Chain Reaction (RT-qPCR). Weight gain and feed conversion were influenced by increasing in the dietary digestible lysine. For carcass yield and parts, the breast was influenced by the increase of dietary lysine. It was found that there was an increase in protein daily gain when used 1.265 and 1.148 % digestible lysine in the different ages. For gene expression, there was no significant effect of lysine on the evaluated genes (ND1, ND2, COX I, COX II, COX III, Cyt b e ATP6). Based on the information concluded that adjusted levels of digestible lysine for phases 8 to 21 and 22 to 42 days of age provide higher performance and body protein deposition. However, increasing levels of lysine does not influence the expression of the electron transport chain genes and oxidative phosphorylation in the Pectoralis major muscle of male broilers.
Keywords: Cadeia respiratória
Crescimento muscular
Rendimento de peito
Deposição de nutriente
Zootecnia
Frango de corte
Alimentação e rações
Nutrição animal
Alimentação dos animais
Frango de corte
Metabolismo
Rações
Respiratory chain
Muscle growth
Breast yield
Nutrient deposition
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Zootecnia
Citation: DIAS, Thiago do Nascimento. Dietary digestible lysine levels for broilers: performance, nutrient deposition and gene expression. 2015. 58 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6379
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THIAGO_NASCIMENTO_DIAS.pdf2,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.