Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6384
Document Type: Dissertação
Title: Utilização de aditivos na silagem de capim tanzânia
Other Titles: Use of additives in silage Tanzania
Authors: Melo, Maria Julia Araújo Feitosa
Issue Date: 17-Jul-2015
Advisor: Backes, Alfredo Acosta
Co-advisor: Fagundes, Jailson Lara
Resumo : Diversos aditivos vêm sendo utilizados para minimizar os efeitos negativos durante o processo fermentativo, dentre eles o Lactobacillus buchneri e/ou aditivos nutritivos como fubá de milho, melaço em pó, uréia e calcário com a finalidade de melhorar o valor nutritivo e a estabilidade aeróbia das silagens. Dessa forma, o presente estudo foi realizado objetivando o uso de aditivos na silagem de capim Tanzânia, em foram montados dois experimentos. No primeiro trabalho objetivou-se analisar a composição químico-bromatológica da silagem de capim Tanzânia tratada com diferentes aditivos. Os tratamentos utilizados foram: silagem de capim Tanzânia sem aditivo (SSA); silagem com 15% fubá de milho (SFM); silagem com 15% de melaço em pó (SME); silagem com inoculante à base de Lactobacillus Buchneri (SLB); silagem com associação de aditivos: 7,5% de fubá de milho, 5% melaço em pó, 1,1% uréia, 1,1% calcário, 0,30% sementes de urucum trituradas e inoculante (SA1); silagem com associação de aditivos: 10% de fubá de milho; 2,93% de melaço em pó, 1,1% uréia, 0,65% calcário, 0,32% de sementes de urucum e inoculante (SA2). Dispostos em um delineamento experimental ao acaso com cinco repetições. Os teores de MS (matéria seca), CNF (carboidrato não fibroso), DMS (digestibilidade da matéria seca) e NDT (nutriente digestível total) foram maiores nas silagens com aditivos. As silagens contendo associações de aditivos SA1 e SA2 obtiveram as maiores reduções nas frações FDN e FDA. Os aditivos influenciaram a ATT, onde SME obteve maior acidez e SLB a menor. As associações dos aditivos apresentam efeito sinérgico positivo para reduzir FDN e FDA, melhorar o NDT final da silagem. O segundo ensaio foi realizado objetivando avaliar a estabilidade aeróbia da silagem de capim Tanzânia tratadas com aditivos químicos e biológicos. Os tratamentos utilizados foram: silagem de capim Tanzânia sem aditivo (SSA); silagem com 15% fubá de milho (SFM); silagem 15% de melaço (SME); silagem 2,17% de uréia (SUR): silagem 2,17% de calcário (SCA); Lactobacillus Buchneri (SLB); silagem com associação de aditivos SA1: 7,5% fubá de milho, 5% melaço em pó, 1,1% uréia, 1,1% calcário, 0,30% sementes de urucum; silagem com associação de aditivos SA2 (mesma proporção da SA1 mais a inclusão de SLB); silagem com associação de aditivos SA3: 10% fubá de milho; 2,93% melaço em pó, 1,1% uréia, 0,65% calcário, 0,32% de sementes de urucum; silagem com associação de aditivos SA4 (mesma proporção da SA3 mais a inclusão de SLB). A utilização dos aditivos reduziram as perdas por efluentes e por gases. Houve variação nos teores de matéria seca apresentando maiores valores nas silagens aditivadas. Os resultados de pH apresentaram interação entre os tratamentos havendo valores iniciais desejáveis. A quebra da estabilidade ocorreu 72, 84, 96 e 96 horas após abertura dos silos para SSA, SME, SLB e SA4, respectivamente. A associação dos aditivos apresenta sinergia positiva e promove maior resistência a deterioração aeróbia das silagens.
Abstract: Various additives have been used to minimize the negative effects during the fermentation process, including Lactobacillus buchneri and / or nutritional additives such as corn meal, dry molasses, urea and lime for the purpose of improving the nutritional value and aerobic stability silages. Thus, the present study was aimed at the use of additives in silage Tanzania, they were mounted two experiments. In the first study aimed to analyze the chemical composition of grass silage Tanzania treated with different additives. The treatments were: Tanzania grass silage without additive (SSA); silage with 15% corn meal (SFM); silage with 15% molasses powder (EMS); silage inoculant based on Lactobacillus buchneri (SLB); silage additives Association: 7.5% of corn meal, 5% molasses powder, 1.1% urea, 1.1% limestone, 0.30% crushed annatto seeds and inoculant (SA1); silage additives Association: 10% of corn meal; 2.93% powdered molasses, 1.1% urea, 0.65% limestone, 0.32% of annatto seeds and inoculant (SA2). Arranged in a randomized experimental design with five replications. The content of DM (dry matter), NFC (non fibrous carbohydrate), DMS (dry matter digestibility) and TDN (total digestible nutrient) were higher in silages with additives. Silages containing additives SA1 and SA2 associations achieved the largest reductions in NDF and ADF fractions. The additives influenced the ATT where EMS had a higher acidity and lower the SLB. The associations of additives have positive synergistic effect to reduce NDF and ADF, improve NDT end of silage. The second trial was conducted to evaluate the aerobic stability of silage Tanzania treated with chemical and biological additives. The treatments were: silage without additive Tanzania (SSA); silage with 15% corn meal (SFM); silage 15% molasses (EMS); silage 2.17% urea (SUR): silage 2.17% limestone (SCA); Lactobacillus buchneri (SLB); silage Association SA1 additives: 7.5% corn flour, 5% molasses powder, 1.1% urea, 1.1% limestone, 0.30% annatto seeds; silage additives association SA2 (same proportion of SA1 over the inclusion of SLB); silage additives association SA3: 10% corn meal; 2.93% molasses powder, 1.1% urea, 0.65% limestone, 0.32% of annatto seeds; silage Association SA4 additives (same proportion of SA3 over the inclusion of SLB). he use of additives reduced the losses by effluent and gases. There was variation in dry matter values were higher in treated silages. PH results showed the interaction between treatments having desirable initial values. The breakdown of stability occurred 72, 84, 96 and 96 hours after opening the silos for SSA, SME, SLB and SA4, respectively. The combination of additives provides positive synergy and promotes greater resistance to aerobic deterioration of silage.
Keywords: Zootecnia
Nutrição animal
Aditivos
Lactobacilos
Associação de aditivos
Estabilidade aeróbia
L. buchneri
Aerobic stability
Associations of additives
Subject CNPQ: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Zootecnia
Citation: Melo, Maria Julia Araújo Feitosa. Utilização de aditivos na silagem de capim tanzânia. 2015. 52 f. Dissertação (Pós-Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6384
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA_JULIA_ARAUJO_FEITOSA_MELO.pdf1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.