Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6393
Document Type: Dissertação
Title: Colina e metionina+cistina digestível para codornas em fase de postura
Other Titles: Choline and digestible methionine + cystine for laying quails
Authors: Griep Júnior, Dirceu Neutzling
Issue Date: 23-Feb-2017
Advisor: Oliveira Júnior, Gregório Murilo de
Co-advisor: Pereira, Adriana Aparecida
Resumo : Entre os nutrientes essenciais que influenciam diretamente no desempenho das aves, destaca-se a metionina, primeiro aminoácido limitante para aves quando são utilizadas dietas à base de milho e farelo de soja. Assim, o adequado conhecimento da sua exigência e possíveis interações com outros nutrientes no organismo é necessário. Assim, objetivou-se avaliar a relação entre colina e metionina+cistina digestível em rações para codornas em fase de postura, sobre as características de desempenho, qualidade de ovos e excreção de nitrogênio (N). O experimento foi desenvolvido em esquema fatorial 4x2, considerando quatro níveis de colina (0,0; 0,042; 0,084 e 0,126%) e dois níveis de metionina (0,857% e 0,685%,), totalizando oito tratamentos com cinco repetições e sete aves em cada parcela, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado. Os parâmetros avaliados foram: consumo de ração, percentual de postura, conversão alimentar (CA) por dúzia e massa de ovos, peso do ovo, unidade Haugh, espessura de casca, gravidade especifica, percentual de casca, gema e albúmen e N excretado. Não houve interação entre os fatores sobre nenhuma das variáveis avaliadas, exceto em relação ao peso das codornas (P˂0,01). O nível de 0,857% de metionina + cistina digestível e a maior inclusão de colina melhoraram o peso dos ovos (P=0,03), a CA/massa de ovos (P=0,02) e o percentual de gema (P˂0,01). Em contrapartida, houve redução linear no percentual do albúmen (P˂0,01) com o aumento da inclusão de colina na dieta. Houve resposta quadrática dos níveis de colina sobre o percentual de casca dos ovos, estimando 0,047% de colina na ração. A gravidade especifica dos ovos reduziu linearmente (P˂0,01), com a inclusão de colina na dieta. A excreção de nitrogênio apresentou comportamento quadrático inverso (P=0,04), no qual o nível ótimo de 0,126 % de colina proporcionou redução de N para o ambiente em 1,55%, se comparado com o tratamento sem colina. Conclui-se que para melhor peso dos ovos, CA/massa de ovos, percentual de gema e redução de N fecal de codornas japonesas em fase de postura, o nível indicado de metionina + cistina digestível é de 0,857% e colina de 0,126%.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the ratio between choline and digestible methionine + cystine in laying quail diets on performance characteristics, egg quality and nitrogen excretion (N). The experiment was carried on in a 4x2 factorial scheme, considering four levels of choline (0.0, 0.042, 0.084 and 0.126%) and two levels of digestible methionine (0.857% and 0.685%), totaling eight treatments, five replications and seven birds in each plot, distributed in a completely randomized design. The parameters evaluated were: feed intake, percentage of laying, feed conversion (FC) per dozen and mass of eggs, egg weight, Haugh unit, bark thickness, specific gravity, percentage of bark, yolk and albumen percentage and excreted nitrogen. There was no interaction between the factors on any of the evaluated variables, except for the weight of quails (P=0,01). The 0.857% digestible methionine + cystine level and the higher inclusion of choline improved egg weight (P=0,03), FC/ egg mass (P=0,02) and egg percentage (P˂0,01). In contrast, there was a reduction in albumen weight (P˂0,01) with increased choline inclusion in the diet. There was a quadratic response on percentage of eggshell, whose optimum level was 0.047% of choline in the diet. The specific gravity of the eggs reduced linearly (P˂0,01), with the inclusion of choline in the diet. Nitrogen excretion showed quadratic inverse response (P=0,04), in which the level of 0.126% of choline, provided reduction of N for the environment in 1.55%, when compared to the treatment without addition of choline. Further research is needed to better define the interaction between methionine + cystine and choline for quails. Thus, it is concluded that for the best egg weight, FC / egg mass, yolk percentage and fecal N reduction in japanese laying quails, the indicated digestible methionine + cystine level is 0.857% and choline is 0.126%.
Keywords: Zootecnia
Codorna
Nutrição de codornas
Nutrição de aves
Nutrição animal
Aminoácidos
Rações
Exigência nutricional
Nutrição
Ovos
Vitaminas
Amino acids
Eggs
Nutrition
Nutritional requirement
Vitamins
Subject CNPQ: CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Zootecnia
Citation: GRIEP JÚNIOR, Dirceu Neutzling. Colina e metionina+cistina digestível para codornas em fase de postura. 2017. 49 f. Dissertação (Pós-Graduação em Zootecnia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6393
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIRCEU_NEUTZLING_GRIEP_JR.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.