Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7521
Document Type: Dissertação
Title: Homens e mulheres produtores de HQ : discursos sobre o corpo e a sexualidade da mulher na Indústria Cultural
Other Titles: Men and women producers of HQ : discourses about the body and women's sexuality in the Cultural Industry
Authors: Barros, Ana Paula Oliveira
Issue Date: 30-May-2017
Advisor: Correia, Luiz Gustavo Pereira de Souza
Resumo : Podemos dizer que as histórias em quadrinhos fazem parte de um contexto histórico e social específico e são produzidas por sujeitos históricos situados, e assim colaboram com os valores que permeiam determinada sociedade. Por isso, devemos sempre fazer uma leitura crítica das HQs, analisando-as enquanto linguagem e levando sempre em consideração os discursos, sejam eles hegemônicos ou não, ali inerentes. Assim, sendo a HQ um dos principais produtos da Indústria Cultural e espaço privilegiado de comunicação não verbal, ela torna-se uma rica referência de construção da imagem da mulher, que muitas vezes acaba reificando o corpo e a sexualidade feminina com o intuito de satisfazer o gênero masculino. É importante também lembrar que as personagens femininas de quadrinhos foram durante muito tempo idealizadas por homens e para homens, de acordo com o seu discurso acerca do que é ser mulher, construindo seus corpos de acordo com expectativas masculinas. Desta forma, a pesquisa aqui proposta tem por interesse estudar os discursos relacionados ao corpo e a sexualidade feminina presente nas HQs. Para isso, primeiramente, o trabalho tratará do processo de construção do corpo da mulher como um objeto sexual e mercadológico por meio do olhar e do discurso masculino. Em seguida, levando em consideração que a HQ é um elemento da Indústria Cultural, esta será tratada como um dispositivo do “biopoder” para o controle da sexualidade e do corpo da mulher. E, por fim, haverá a análise dos discursos, principalmente os imagéticos, relacionados ao corpo e a sexualidade feminina, tanto os presentes nas HQs produzidas por homens quanto por mulheres.
Abstract: We can say that comics are part of a specific historical and social context and are produced by situated historical subjects, and thus collaborate with the values that permeate a certain society. Therefore, we must always make a critical reading of the comics, analyzing them as language and always taking into account the discourses, whether hegemonic or not, inherent there. Thus, since HQ is one of the main products of the Cultural Industry and a privileged space of non-verbal communication, it becomes a rich reference for the construction of the image of women, which often ends up reifying the female body and sexuality in order to satisfy The male gender. It is also important to remember that the female comic characters have long been idealized by men and for men, according to their discourse about what it is to be a woman, building their bodies according to masculine expectations. Thus, the research proposed here has the interest of studying discourses related to the body and female sexuality present in the comics. For this, the work will first deal with the process of constructing the body of the woman as a sexual and market object through the masculine look and discourse. Then, taking into consideration that the HQ is an element of the Cultural Industry, it will be treated as a device of the "biopower" for the control of the sexuality and the body of the woman. And, finally, there will be the analysis of the discourses, especially the imagery, related to the body and the female sexuality, both those present in the comics produced by men as well as by women.
Keywords: Antropologia
Antropologia cultural
Etnologia
Indústria cultural
Imagem corporal
Histórias em quadrinhos (HQ)
Corpo
Sexualidade
Gênero
Comics
Cultural Industry
Body
Sexuality
Gender
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Antropologia
Citation: BARROS, Ana Paula Oliveira. Homens e mulheres produtores de HQ : discursos sobre o corpo e a sexualidade da mulher na Indústria Cultural. 2017. 265 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/7521
Appears in Collections:Mestrado em Antropologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA_PAULA_OLIVEIRA_BARROS.pdf10,09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.