Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/779
Document Type: Trabalhos em Eventos
Title: Empreendedorismo feminino e o conflito trabalho-família: estudo de multicasos no setor da construção civil da cidade de Curitiba
Authors: Strobino, Márcia Regina de Campos
Teixeira, Rivanda Meira
Issue Date: May-2010
Abstract: Uma das principais razões para que a mulher venha a ter seu próprio negócio é a flexibilidade de horários, quando ela acredita que sendo dona de sua própria empresa, poderá compatibilizar trabalho e família (GOMES; SANTANA, 2004). O que ocorre, porém, é que são raras as empreendedoras, em particular as pequenas empreendedoras, que têm a fronteira entre o trabalho e a vida pessoal, ou a vida em família, bem definida. Essa situação geralmente leva essas pequenas empresárias a se defrontarem com conflitos entre o trabalho e a família. Os autores que analisam o conflito trabalho-família, entre eles Hall (1972), Herman e Gyllstrom (1977) e Powell e Greenhaus (2006), têm ressaltado a importância da busca do equilíbrio do tempo na dedicação para o trabalho sem que haja detrimento do tempo dedicado à família. Este estudo tem como objetivo apresentar os conflitos trabalho-família percebidos por duas empresárias da construção civil da cidade de Curitiba, bem como as suas ações para lidarem com os conflitos identificados. Dois modelos foram utilizados como base teórica neste trabalho. O primeiro é o de Greenhaus e Beutell (1985) que apresentam o conflito trabalho família em três dimensões: tempo, tensão e comportamento, dimensões estas que exercem pressões tanto no trabalho quanto na família. O segundo é o apresentado por Shelton (2006) que apresenta ações para mitigar ou eliminar os conflitos trabalho-família como condição importante para o crescimento e desenvolvimento da atividade empreendedora. Através de pesquisa qualitativa tipo estudo de multicasos, foram entrevistados tanto as empresárias quanto seus parceiros através de roteiro semi-estruturado. A técnica de observação direta não participante também foi empregada para que fosse possível observar a dinâmica das empreendedoras nas empresas pesquisadas. Os achados da pesquisa corroboram os artigos citados na revisão teórica deste estudo, sendo o fator tempo o mais freqüentemente citado como gerador de conflitos trabalho-família e o controle emocional, como a ação mais citada como atenuante desses mesmos conflitos. O que se percebe no estudo é que, na tentativa de conciliar “casa-família-trabalho”, as empresárias participantes da pesquisa agem muito mais para atenuar os conflitos por elas identificados do que para eliminar tais conflitos. Ações como o controle das emoções diminuem a freqüência da ocorrência de conflitos, tanto em casa, quanto no trabalho. Mas isso não significa que tais conflitos foram eliminados, pois as empreendedoras da pesquisa continuam a perceber que esses conflitos podem ocorrer a qualquer momento, bastando para isso que elas, momentaneamente, percam esse auto-controle.
Keywords: Empreendedorismo feminino
Empreendedorismo
Mulheres
Trabalho
Empresárias
Publisher / Institution : Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração
Citation: STROBINO, M. R. C.; TEIXEIRA, R. M. Empreendedorismo feminino e o conflito trabalho-família: estudo de multicasos no setor da construção civil da cidade de Curitiba. In: ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS DA ANPAD, 6., 2010, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: AnPAD, 2010. Disponível em: <http://www.anpad.org.br/diversos/trabalhos/EnEO/eneo_2010/2010_ENEO59.pdf>. Acesso em: 6 nov. 2013.
License: Direitos dos autores
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/779
Appears in Collections:DAD - Trabalhos apresentados em eventos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmpreendedorismoFemininoConflito.pdf242,59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.