Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/822
Document Type: Artigo
Title: Evolução temporal e geográfica da mortalidade infantil em Sergipe, 2000-2005
Authors: Santos, Allan Dantas dos
Eloy, A. V. R.
Alves, Maria Cecília Mendonça de Araújo
Santos, M. S. S.
Oliveira, N.
Melo, C. C. S.
Issue Date: May-2010
Abstract: A taxa de mortalidade infantil e seus componentes constituem um dos principais indicadores para avaliar o nível de saúde de uma população. Este estudo analisa a evolução temporal da mortalidade infantil em Sergipe, entre 2000 e 2005. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e ecológico, utilizando dados secundários provenientes dos Sistemas de Informação de Nascidos Vivos (SINASC) e do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM). Foi realizado um linkage entre os respectivos bancos de dados. A taxa de mortalidade infantil foi considerada como média e em situação de declínio, apresentando uma flutuação atípica em 2001. A principal causa dos óbitos infantis segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID 10) foram as “afecções originadas no período perinatal”; também apresentaram-se elevadas as doenças infecciosas e parasitárias. Observou-se ainda redução de ambos componentes da Mortalidade Infantil, neonatal e pós-neonatal. Este estudo possibilitará um adequado planejamento, subsidiando assim processos de avaliação e gestão de políticas e ações de saúde direcionadas para a assistência pré-natal, ao parto e ao recém-nascido. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: The infant mortality rate and its components is a key indicator to assess the level of health of a population. This study examines the temporal evolution of infant mortality in Sergipe, between 2000 and 2005. This is a descriptive study, exploratory ecological and, using for this secondary data from the Information System of Live Births (SINASC) and the Mortality Information System (MIS). This was a linkage between their respective databases. The infant mortality rate was considered medium and in a state of decline, showing anatypical fluctuation in 2001. The main cause of infant deaths according to the International Classification of Diseases (ICD 10) were the "conditions originating in the perinatal period", also presented is the high infectious and parasitic diseases. It was also observed reduction of both components of infant mortality, neonatal and post-neonatal. This study will allow adequate planning, thereby subsidizing the evaluation procedures and management policies and practice directed at prenatal care, delivery and newborn.
Keywords: Mortalidade infantil
Doenças infecciosas
Doenças parasitárias
Políticas públicas
ISSN: 1808-2793
Publisher / Institution : Associação Sergipana de Ciências
Citation: SANTOS, A. D et al. Evolução temporal e geográfica da mortalidade infantil em Sergipe, 2000-2005. Scientia Plena, Aracaju, v. 6, n. 5, maio 2010. Disponível em: <http://www.scientiaplena.org.br/ojs/index.php/sp/article/viewFile/7/11>. Acesso em: 9 dez. 2013.
License: Autorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelo editor
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/822
Appears in Collections:DENL - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EvolucaoTemporalMortalidade.pdf85,42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.