Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9627
Tipo de Documento: Monografia
Título: Enterobactérias multi-resistentes isoladas de efluentes urbanos de Aracaju, Sergipe
Autor(es): Alves, Maite de Oliveira Vieira
Data do documento: 15-Mar-2018
Orientador: Cândido, Alexandre Luna
Resumo: A família Enterobacteriaceae possui 53 gêneros e mais de 170 espécies, é constituída por bacilos Gram-negativas, não formadores de esporos e representa um dos grupos mais importantes de bactérias. A multi-resistência às drogas antimicrobianas é de importância global, decorre principalmente pelo uso incorreto e despejo dessas drogas nas águas dos efluentes, nessas condições as bactérias desenvolvem mecanismos de resistência aos antimicrobianos, representando um dos maiores problemas de saúde pública. Este trabalho objetivou avaliar a ocorrências de bactérias da família Enterobacteriaceae resistentes a antimicrobianos, isolados de efluentes urbanos da cidade de Aracaju, estado de Sergipe, nos bairros: Industrial, Salgado Filho, Jardins, Santa Maria e Novo Paraíso. Os procedimentos tomados a partir da obtenção das colônias isoladas, foram os testes de resistência a drogas antimicrobianas, pelas seguintes drogas: amoxilina, ampicilina, azitromicina, ciprofloxacina e tetraciclina; e a identificação bioquímica por provas específicas para enterobactérias. Os resultados obtiveram sete gêneros, alguns identificados até a espécie, destes gêneros: Enterobacter, Escherichia, Hafnia, Klebsiella, Proteus, Salmonella e Shigella. Os dados obtidos apontam que a ampicilina e a amoxilina são os antibióticos que as enterobactérias mais apresentam resistência, em seguidos da tetraciclina, e os antibióticos que menos apresentaram isolados resistentes foram a azitromicina e a ciprofloxacina. Os fatores mais relevantes que influenciam os dados são a estrutura dos bairros e os tipos dos estabelecimentos, como clínicas e hospitais, a proximidade com corpos d’água que interferem na concentração de partículas nos efluentes, o fluxo dos efluentes e seus percursos em toda a cidade. O atual estudo sugere que mais gêneros de enterobactérias estão tornando-se mais resistentes aos antibióticos utilizados, e estão tornando-se mais resistentes a um número maior de antibióticos
Abstract: The Enterobacteriaceae family has 53 genera and more than 170 species, consists of Gram-negative bacilli, non-spore forming and represents one of the most important groups of bacteria. The multi-resistance to antimicrobial drugs is of global importance, mainly due to the incorrect use and dumping of these drugs in effluent Waters, under these conditions bacteria develop mechanisms of resistance to antimicrobials, representing one of the main public health problems. The objective of this work was to evaluate the occurrence of antimicrobial resistant bacteria of the Enterobacteriaceae family, isolated from urban effluents from the city of Aracaju, Sergipe, in the following neighborhoods: Industrial, Salgado Filho, Jardins, Santa Maria and Novo Paraíso. The procedures used to obtain isolated colonies were antimicrobial drug resistance tests for the following drugs: amoxicillin, ampicillin, azithromycin, ciprofloxacin and tetracycline; and biochemical identification by specific tests for enterobacteria. The results obtained seven genera, some identified up to the species, of these genera: Enterobacter, Escherichia, Hafnia, Klebsiella, Proteus, Salmonella and Shigella. The data obtained indicate that ampicillin and amoxiline are the antibiotics that enterobacteria most present resistance, followed by tetracycline, and the antibiotics that presented the least resistant isolates were azithromycin and ciprofloxacin. The most relevant factors influencing the data are the structure of the neighborhoods and the types of establishments, such as clinics and hospitals, proximity to water bodies that interfere with the concentration of particles in effluents, effluent flow and its routes throughout city. The current study suggests that more genera of enterobacteria are becoming more resistant to the antibiotics used, and are becoming more resistant to a greater number of antibiotics
Palavras-chave: Biologia
Ensino de biologia
Enterobactéria
Antimicrobiano
Antibiótico
Multi-resistência
Monitoramento ambiental
Enterobacteria
Antimicrobial
Antibiotic
Multi-resistance
Effluent
Environmental monitoring
área CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::BACTEROLOGIA
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DBI - Departamento de Biologia – São Cristóvão – Presencial
Citação: Alves, Maite de Oliveira Vieira. Enterobactérias multi-resistentes isoladas de efluentes urbanos de Aracaju, Sergipe. São Cristóvão, SE, 2018. Monografia (bacharelado em Ciências Biológicas) – Departamento de Biologia, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9627
Aparece nas coleções:Biologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maite_Oliveira_Vieira_Alves.pdf696,64 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.