Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9680
Document Type: Monografia
Title: A privatização das águas no Brasil : análise de algumas de suas expressões
Authors: Nascimento Neto, Francisco Vieira do
Issue Date: 15-Jan-2017
Advisor: Santos, Josiane Soares
Resumo : Este trabalho tem como objeto de estudo algumas das expressões do processo de privatização das águas no Brasil contemporâneo. Objetivou-se por meio dele analisar diferentes expressões do processo de privatização das águas no Brasil. Para atingir tal objetivo geral buscamos: Discutir os fundamentos da questão ambiental e suas relações com a finitude de recursos naturais no capitalismo contemporâneo; Situar a água como um dos principais recursos inerentes aos processos de produção e valorização no modo de produção capitalista; Mapear bibliograficamente algumas expressões da privatização das águas no Estado brasileiro. Metodologicamente, a pesquisa se caracteriza como exploratória, com dados de natureza bibliográfica e qualitativa. Tratando-se da coleta de dados, utilizamos referências impressas e eletrônicas de diferentes naturezas, tais como: monografias, teses e dissertações, periódicos científicos, anais de encontros científicos, dentre outros. Em relação à fonte de dados, delimitamos dois tipos de privatização das águas: 1) Geração de energia elétrica (barragens/usinas hidrelétricas); 2) Distribuição de água por companhias/saneamento ambiental. Utilizou-se um roteiro de pesquisa, enquanto instrumento de coleta de dados, que orientou a seleção da amostra de textos com base em três aspectos da categorização priorizados no roteiro, quais sejam: características, argumentos favoráveis e contrários; desdobramentos e consequências sociais identificadas. Analisamos os dados à luz do método materialista histórico-dialético, por entender que este estabelece uma análise da realidade a partir da categoria totalidade, representando-a de forma histórico-crítica. Os resultados obtidos através desta pesquisa demonstram que a privatização das águas é mecanismo essencial para a acumulação e valorização do capital em detrimento do uso social deste recurso natural para a satisfação das necessidades dos seres vivos. Desse modo, evidencia a relevância desse estudo por realizar um debate contemporâneo e necessário, de teor teórico e prático
Abstract: Este trabalho tem como objeto de estudo algumas das expressões do processo de privatização das águas no Brasil contemporâneo. Objetivou-se por meio dele analisar diferentes expressões do processo de privatização das águas no Brasil. Para atingir tal objetivo geral buscamos: Discutir os fundamentos da questão ambiental e suas relações com a finitude de recursos naturais no capitalismo contemporâneo; Situar a água como um dos principais recursos inerentes aos processos de produção e valorização no modo de produção capitalista; Mapear bibliograficamente algumas expressões da privatização das águas no Estado brasileiro. Metodologicamente, a pesquisa se caracteriza como exploratória, com dados de natureza bibliográfica e qualitativa. Tratando-se da coleta de dados, utilizamos referências impressas e eletrônicas de diferentes naturezas, tais como: monografias, teses e dissertações, periódicos científicos, anais de encontros científicos, dentre outros. Em relação à fonte de dados, delimitamos dois tipos de privatização das águas: 1) Geração de energia elétrica (barragens/usinas hidrelétricas); 2) Distribuição de água por companhias/saneamento ambiental. Utilizou-se um roteiro de pesquisa, enquanto instrumento de coleta de dados, que orientou a seleção da amostra de textos com base em três aspectos da categorização priorizados no roteiro, quais sejam: características, argumentos favoráveis e contrários; desdobramentos e consequências sociais identificadas. Analisamos os dados à luz do método materialista histórico-dialético, por entender que este estabelece uma análise da realidade a partir da categoria totalidade, representando-a de forma histórico-crítica. Os resultados obtidos através desta pesquisa demonstram que a privatização das águas é mecanismo essencial para a acumulação e valorização do capital em detrimento do uso social deste recurso natural para a satisfação das necessidades dos seres vivos. Desse modo, evidencia a relevância desse estudo por realizar um debate contemporâneo e necessário, de teor teórico e prático
Keywords: Serviço Social
Ensino de serviço social
Questão ambiental
Privatização das águas
Hidrelétricas
Companhias de saneamento ambiental
Environmental issues
Privatization of waters
Hydropower
environmental sanitation companies
Subject CNPQ: ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::RECURSOS HIDRICOS::PLANEJAMENTO INTEGRADO DOS RECURSOS HIDRICOS
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DSS - Departamento de Serviço Social – São Cristóvão - Presencial
Citation: Nascimento Neto, Francisco Vieira do. A privatização das águas no Brasil : análise de algumas de suas expressões. São Cristóvão, SE, 2017. Monografia (bacharelado em Serviço Social) – Departamento de Serviço Social, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2017
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9680
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisco_Vieira_Nascimento_Neto.pdf1,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.