Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10445
Tipo de Documento: Monografia
Título: A construção narrativa da trajetória de Eduardo Mondlane : colonialismo, nação e identidade
Autor(es): Santos, Isabela Batista dos
Data do documento: 7-Fev-2018
Orientador: Santos, Jeane de Cássia Nascimento
Resumo: Este trabalho debruça-se sobre uma literatura africana de língua portuguesa, mais especificamente a literatura moçambicana, buscando observar a relação entre a história, a literatura, a nação e a identidade. Esse posicionamento se dá por partirmos do entendimento de que se trata de uma literatura originada no período colonial e marcada intensamente por esse contexto que é perpassado por lutas para a independência do domínio português. Nesse sentido, para a nossa análise selecionamos o conto “Maundlane: o criador”, segunda narrativa do livro As andorinhas de Paulina Chiziane (2013). À vista disso, para a fundamentação dessa análise trazemos à luz as reflexões de teóricos a exemplo de Albert Memmi (1967), Edward Said (2011), Frantz Fanon (2008), Maria Fernanda Afonso (2004) e Russel G. Hamilton (1981). Assim, averiguamos como o personagem histórico Eduardo Mondlane é construído na narrativa; o que esse personagem simboliza para a sociedade moçambicana, tendo em vista sua importância para a luta pela emancipação do país. Além disso, observamos as marcas do contexto do colonialismo presentes na narrativa e analisamos os efeitos do colonialismo na vida dos colonizados moçambicanos através da trajetória de Maundlane.
Abstract: This work discusses about African Literature in Portuguese Language, specifically Mozambican literature, to observe the relationship: history, literature, ideia of nation and identity. Our basys was build on idea that it is a literature which born during a colonial period and for that received strongly marks from a context of struggles against Portuguese Domination. So, for our analysis we selected the short story "Maundlane: o criador", from the book As Andorinhas (2013) by Paulina Chiziane. For that were very important ideas of authors like Albert Memmi (1967), Edward Said (2011), Frantz Fanon (2008), Maria Fernanda Afonso (2004) and Russell G. Hamilton (1981). In this way, it was possible to understand how the historical character Eduardo Mondlane was buildt in this short story and to beyond it: his symbology in Mozambican society, in reason of his atuation during country’s emancipation. In addition, through Maundlane's trajectory we analyze elements of colonialism that are present in the narrative considering consequences of this condition on the Mozambican people.
Palavras-chave: Identidade nacional
Literatura africana (Português)
Moçambique
Século XX
História na literatura
National identity
African literature
Portuguese language
Century XX
Mozambique
área CNPQ: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
Sigla da Instituição: Universidade Federal de Sergipe
Departamento: DLI - Departamento de Letras – Letras, Língua Portuguesa – Itabaiana - Presencial
Citação: SANTOS, Isabela Batista dos. A construção narrativa da trajetória de Eduardo Mondlane : colonialismo, nação e identidade. 2018. 51 f. TCC (Graduação em Letras) - Universidade Federal de Sergipe, Itabaiana, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10445
Aparece nas coleções:Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Isabela_Batista_Santos.pdf388,44 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.