Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/16709
Document Type: Dissertação
Title: A Metodologia Ativa (ABP) no ensino das ciências ambientais: projetos sustentáveis com produtos técnicos de hortas mandalas agroecológicas nas escolas
Authors: Lessa, Ana Carolina Vilar
Issue Date: 31-Aug-2021
Advisor: Batista, Rosana de Oliveira Santos
Co-advisor: Shimada, Shiziele de Oliveira
Resumo : As hortas mandalas agroecológicas são tecnologias sociais que permitem a produção de alimentos de origem animal e vegetal norteada pelos princípios da agroecologia, ou seja, sem adoção de agrotóxicos e priorizando a saúde ambiental de forma sustentável. As contribuições sociais desta tecnologia apresentam duas perspectivas, em que uma é a educacional, com o uso da horta mandala agroecológica implementada como ferramenta pedagógica através da ABProj, permitindo a contextualização em sala de aula de problemas envolvidos na cadeia de produção alimentar, que se inicia no campo e perpassa questões tecnológicas, financeiras e sociais. E outra perspectiva, relativa à discussão sobre segurança alimentar, melhoria da nutrição, erradicação da fome e a promoção da agricultura sustentável, como anunciado pela Organização das Nações Unidas/ONU no ODS-2 da Agenda 2030. Neste contexto, esta dissertação objetiva desenvolver projetos de tecnologia de agricultura sustentável com hortas mandalas agroecológicas, a partir da metodologia ativa de aprendizagem baseada em projetos (ABP), como contribuição aos processos de ensino e aprendizagem para o ensino das ciências ambientais. Esta pesquisa tem cunho bibliográfico analítico, com levantamento de dados e informações, a partir de registros disponíveis, executado mediante a consulta, análise e reflexão de temas específicos, a saber: ciências ambientais, desenvolvimento rural sustentável, agroecologia, tecnologias sociais, agrotóxicos, soberania alimentar, metodologias ativas. Os resultados confirmam os benefícios da adoção das hortas mandalas agroecológicas como tecnologias sociais capazes de promover a soberania e segurança alimentar em comunidades de agricultores familiares, conforme sinalizam os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Além disso, constatou-se a importância da implantação das hortas mandalas agroecológicas como ferramentas pedagógicas, através da aprendizagem baseada em projetos e seu potencial em formar alunos com capacidade crítica de perceber e atuar sobre as questões sociais, econômicas, políticas e ambientais da sua comunidade. Por fim, evidenciamos a viabilidade de projetos de hortas mandalas agroecológicas como tendências à preservação dos elementos da natureza, ao passo que esse tipo de horta, proporciona a melhoria de renda e saúde ambiental nas comunidades atendidas.
Abstract: The agroecological mandalas gardens are social technologies that allow production of animal and vegetable food following the agroecology principles, that means, no use of pesticides and prioritizing environmental health in a sustainable way. The social contributions of this technology present two perspectives, one of which is educational, with the use of the agroecological mandala garden implemented as a pedagogical tool through ABProj, allowing the classroom to contextualize the problems involved in the food production chain, which begins in the countryside and permeates technological, financial and social issues. And another perspective, related to food security discussion, nutrition improving, eradicating hunger and promoting sustainable agriculture, as announced by the United Nations-UN in SDG-2 of Agenda 2030. In this context, this dissertation aims to develop sustainable agriculture technology projects with agroecological mandalas gardens, from the active methodology of project-based learning (ABP), as a contribution to the teaching and learning processes for the instruction of environmental sciences. This research had an analytical bibliographic nature, with data and survey information, from available records, accomplished through consultation, analysis and reflection on specific topics, namely: environmental sciences, sustainable rural development, agroecology, social technologies, pesticides, food sovereignty, active methodologies. The results confirm the benefits of adopting agroecological mandala gardens as social technologies capable of promoting food sovereignty and security in family farming communities, as indicated by the Sustainable Development Goals. In addition, the importance of implementing agroecological mandalas gardens as pedagogical tools, through project-based learning and their potential to train students with critical capacity to perceive and act on social, economic, political and environmental issues in their community was found. Finally, the feasibility of projects for agroecological mandalas gardens was highlighted as tending towards the preservation of nature elements, while providing the improvement of income and environmental health in the served communities.
Keywords: Ciências ambientais
Pedagogia crítica
Agricultura sustentável
Horticultura
Ecologia agrícola
Saúde ambiental
Ferramentas pedagógicas
Agricultura sustentável
Metodologias ativas
Tecnologias sociais
Pedagogical tool
Sustainable
Active methodologies
Social technologies
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Mestrado Profissional em Ciências Ambientais
Citation: LESSA, Ana Carolina Vilar. A Metodologia Ativa (ABP) no ensino das ciências ambientais: projetos sustentáveis com produtos técnicos de hortas mandalas agroecológicas nas escolas. 2021. 134 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciências Ambientais) – Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2021.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/16709
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ciências Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA_CAROLINA_VILAR_LESSA.pdf2,48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.