Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1516
Document Type: Artigo
Title: Diversidade florística e estratégias de sobrevivência das trepadeiras em um fragmento de Caatinga em Porto da Folha, Sergipe, Brasil
Other Titles: Floristic diversity and survival strategies of climbers in a Caatinga fragment in the municipality of Porto da Folha, Sergipe, Brazil
Authors: Oliveira, Diogo Gallo de
Prata, Ana Paula do Nascimento
Matos, Gilda Maria Amarante
Issue Date: 2015
Abstract: Foi realizado um levantamento florístico das espécies trepadeiras em um fragmento de Caatinga no município de Porto da Folha, Sergipe, com o objetivo de verificar suas estratégias de sobrevivência durante a estação desfavorável. Foram registradas 45 espécies, distribuídas em 29 gêneros e 14 famílias de angiospermas. A riqueza de espécies computada foi superior à registrada em outros levantamentos realizados em áreas de Caatinga. As famílias mais representativas em número de espécies foram Convolvulaceae (8), Fabaceae (6), Apocynaceae (5) e Dioscoreaceae (5). Verificou-se que 64,4% das trepadeiras apresentaram porte herbáceo. A forma de vida predominante foi a dos terófitos (51,1%), sendo esta a principal estratégia de sobrevivência de escape à época seca adotada pelas plantas herbáceas na área de estudo. As trepadeiras são grupos biológicos importantes no estabelecimento de estratégias para a conservação da biodiversidade na Caatinga e necessitam de mais estudos voltados aos seus aspectos autoecológicos e sinecológicos._________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: A loristic survey of climbing species in a Caatinga fragment in the municipality of Porto da Folha, state of Sergipe, Northeast Brazil, was conducted to determine their survival strategies during unfavorable seasons. Forty-ive angiosperm species belonging to 29 genera and 14 families were counted. Species richness was higher than that recorded in other Caatinga areas. The most representative families were Convolvulaceae (8), Fabaceae (6), Apocynaceae (5), and Dioscoreaceae (5). Most of the climbers (64.4%) were herbaceous. Therophytes represented the dominant lifestyle (51.1%) and represented the main dry-season escape strategy. Climbers are important biological groups that require more studies on their autoecological aspects and their role in ecological communities and should be considered in the establishment of biodiversity conservation strategies.
Keywords: Biodiversidade
Floresta tropical
Plantas trepadeiras
Caatinga
Porto da Folha, SE
ISSN: 2175-792
Publisher / Institution : Universidade Federal de Santa Catarina
Citation: OLIVEIRA, D. G.; PRATA, A. P. N.; MATOS, G. M. A. Diversidade florística e estratégias de sobrevivência das trepadeiras em um fragmento de Caatinga em Porto da Folha, Sergipe, Brasil. Biotemas, Florianópolis, v. 28, n. 2, p. 51-60, 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/biotemas/article/view/2175-7925.2015v28n2p51>. Acesso em: 19 out. 2015.
License: Creative Commons - Atribuição 3.0 Unported
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1516
Appears in Collections:DBI - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiversidadeFloristicaCaatinga.pdf515,62 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.