Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3915
Document Type: Dissertação
Title: Distribuição, caracterização e determinação de incidência dos casos de fissura orofacial no estado de Sergipe, Brasil
Other Titles: Distribution, characterization and determination of the incidence of the orofacial cleft cases in the Sergipe state, Brazil
Authors: Teixeira, Jorge Luiz de Almeida
Issue Date: 20-Feb-2015
Advisor: Silva, Luiz Carlos Ferreira da
Resumo : A fissura orofacial (FO) resulta de má formação congênita decorrente de falhas no desenvolvimento ou na maturação dos processos embrionários. A obtenção de dados sobre a incidência FO não é difícil, por ser uma malformação de fácil visualização. Entretanto, no Brasil, os dados epidemiológicos referentes à FO não são precisos. O objetivo dessa pesquisa foi determinar a distribuição, caracterização e incidência dos casos de fissura orofacial no estado de Sergipe, Brasil. Nesta pesquisa foi realizado um estudo com dois cortes, um retrospectivo e outro prospectivo. Inicialmente foi realizado um estudo observacional, transversal e retrospectivo de base populacional dos indivíduos com FO atendidos na SEAFESE, no período de outubro de 2003 a setembro de 2013, sendo determinada a taxa de prevalência de FO. Em seguida, foi realizado um estudo observacional, longitudinal e prospectivo para determinação da taxa de incidência, através de busca ativa, no estado de Sergipe, no período de outubro de 2013 a setembro de 2014. No estudo de incidência foram utilizados como instrumentos de coleta o exame clínico e o roteiro de entrevista. Foram realizados acompanhamentos com as equipes de epidemiologia de cada município do estado de Sergipe e nas maternidades da capital e do interior, através de visitas pessoais e/ou através de contato por telefone. Esses indivíduos foram recrutados a comparecerem à SEAFESE, para realização da coleta dos dados sociodemográficos, do nascimento e da classificação da fissura. Encontraram-se 669 fissurados registrados na SEAFESE, a média de idade dessa população foi de 15,3 anos, com uma renda mensal entre um e dois salários mínimos, natural do interior do estado de Sergipe e dependente do Sistema Único de Saúde (SUS). A fissura mais ocorrente foi a transforame (48,1%), seguida pela pós-forame (26,8%) e pré-forame (25,1%). Observou-se maior frequência das fissuras unilaterais (72,4%). Foi encontrada uma prevalência 1 caso para cada 1201 nascidos vivos, com os dados obtidos na SEAFESE e uma prevalência 1 caso para cada 2049 com os dados obtidos a partir dos dados do DATASUS. Quanto à incidência, foi observada uma taxa de 0,78:1000, através da busca ativa. Já com os dados do SINASC, a incidência foi de 0,54:1000, isso porque, houve uma subnotificação de 08 casos de FO no SINASC, quando comparado com os resultados da nossa pesquisa. Pode-se concluir que houve 26 novos casos de fissura orofacial no estado de Sergipe e uma subnotificação de 30% dos casos de FO. Na população estudada o um perfil sociodemográfico predominante foi de indivíduos do sexo masculino, de cor branca, oriundos do interior do estado de Sergipe, com uma renda mensal de até 1 salário mínimo e usuários do SUS.
Abstract: The orofacial cleft (OC) is a birth defect resulting from failures in the development or maturation of embryonic processes. Obtaining data about the FO incidence is not difficult, because it is malformation of easy viewing. However, in Brazil, epidemiological data about FO is not accurate. The objective of this research was to determine the distribution, characterization and incidence the orofacial cleft cases in the the Sergipe state, Brazil. This research was conducted with two cuts, a retrospective and prospective. Initially was realized an observational, crosssectional and retrospective population-based study with the individuals with OC treated at SEAFESE, from October 2003 to September 2013 and It was determined the prevalence of the OC. Then, It was realizes an observational, longitudinal and prospective study to determine the incidence, through an active search in the Sergipe state, from October 2013 to September 2014. In the incidence study were used as data collection instruments the clinical examination and the interview script.The monitoring was carried out with the epidemiology of teams in each county in the Sergipe state and in the maternity hospitals in the capital and the countryside, through personal visits and/or through contact by phone. These people were recruited to be attend in the SEAFESE, to collect the sociodemographic data, birth and the fissure classification. It was found 669 cleft in SEAFESE, the average age of this population was 15.3 years, with a monthly income between one and two minimum wages, native of the countryside and dependent on the Unified Health System (SUS). The most observed cleft was the trans-foramen (48.1%), followed by postforamen (26.8%) and pre-foramen (25.1%). It was find a higher frequency of unilateral clefts (72.4%). The prevalence found it was 1 case per 1201 live births, with the data obtained in SEAFESE and a prevalence it was 1 case per 2049 live births with the data obtained from DATASUS. In relation about the incidence, It was 0.78:1000, through an active search. The SINASC data, the incidence was 0.54:1000, this occurred because there was an underreporting of 08 CLP cases in SINASC when we compared the results of our research. Was concluded that there were 26 new cases of orofacial cleft in the Sergipe state and an underreporting of 30% of cases of FO. In the population studied, a predominant demographic profile was males, white, from the countryside, with a monthly income of 1 minimum wage and SUS users.
Keywords: Fenda Labial
Fissura Palatina
Incidência
Prevalência
Cleft lip
Cleft palate
Incidence
Prevalence
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citation: TEIXEIRA, Jorge Luiz de Almeida. Distribution, characterization and determination of the incidence of the orofacial cleft cases in the Sergipe state, Brazil. 2015. 52 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3915
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JORGE_LUIZ_ALMEIDA_TEIXEIRA.pdf465,85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.