Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4071
Document Type: Dissertação
Title: A Bioengenharia como ferramenta para restauração ambiental das margens do Rio São Francisco
Authors: Gomes, Luciana Godinho Nery
Issue Date: 18-Jul-2005
Advisor: Holanda, Francisco Sandro Rodrigues
Resumo : O baixo curso do Rio São Francisco na divisa dos Estados Sergipe e Alagoas tem sido submetido desde a década de 70 a fortes impactos ambientais. Estes têm sido gerados, principalmente, por alterações do regime hidrológico e sedimentológico do rio, em resposta à construção de grandes barragens e avançada destruição da sua mata ciliar. A calha do rio e suas margens sofrem com a erosão acelerada que causa alargamento do canal (recuo da margem) e assoreamento do leito. Este trabalho teve como objetivo avaliar a eficiência do controle da erosão na margem de um trecho do rio pela aplicação de técnicas de bioengenharia para a estabilização do talude marginal e posterior recuperação da mata ciliar. O modelo de bioengenharia utilizado foi o de associação de biotêxtil Fibrax® 400 BF com gramínea Brachiaria decumbens e espécies florestais arbóreas em espaçamento de 1,00 m entre as linhas de pioneiras e climax, e de 2,00 m entre as mudas em cada linha, associada ao uso de retentores de sedimentos (bermalongas ) ao longo da linha d água. Para as espécies arbóreas utilizadas, Caesalpinia leiostachya, Cassia grandis, Enterolobium contortisiliquum, Erythrina velutina, Schinus terebinthifolia e Tapirira guianensis foram analisados o desenvolvimento das mudas, a taxa de crescimento relativo da altura da parte aérea e diâmetro da copa. As alterações morfológicas no talude foram acompanhadas a partir da realização de perfilagens transversais em várias seções nas áreas com e sem biotêxtil. Após 07 (sete) meses da instalação do ensaio, observou-se a eficiência do biotêxtil no controle de erosão fluvial e da erosão superficial do barranco marginal. Quanto ao desenvolvimento das espécies florestais com exceção da espécie Erythrina velutina, houve melhor desenvolvimento das mudas plantadas na área sem biomanta. O ganho em altura e copa mostra que houve um maior desenvolvimento das espécies Enterolobium contortisiliquum e Caesalpinia leiostachya. Observou-se também que todas as espécies, com exceção da Erythrina velutina, desenvolveram mais na área sem biomanta. A grande densidade de Brachiaria e de outras espécies nativas de herbáceas na área com biomanta, prejudicou o desenvolvimento inicial das mudas de arbóreas. A espécie Cassia grandis não se desenvolveu satisfatoriamente em nenhuma das duas áreas. A erosão marginal avançou substancialmente na área sem o tratamento da bioengenharia, ao contrário da margem protegida pelo biotêxtil.
Abstract: Since the 70s, the lower São Francisco river basin, in the border of Sergipe and Alagoas States (Northeast/Brazil), has been submitted to strong environmental impacts that changed in the hydrological and sedimentological regimen as a result of dam s construction and degradation of the riparian vegetation. Bank erosion has caused enlargement and sedimentation of the channel (margin withdraw). The objective of this work was to evaluate the bank erosion control in a river margin site through the use of bioengineering to stabilize the river bank and the restoration of the riparian vegetation. Biotextile Fibrax® 400 BF associated to Brachiaria decumbens grass, trees and a line of bermalongas in the river water line were used. The tree species of Caesalpinia leiostachya, Cassia grandis, Enterolobium contortisiliquum, Erythrina velutina, Schinus terebinthifolia and Tapirira guianensis were evaluated by seedling development, relative growth rate of the height in the plant dossel and crown diameter. The river bank morphological changes were monitored by transverse topographic profiles in some parts of the river bank with and without bioengineering technique. After seven months, the efficiency of the biotêxtil controlling bank erosion was measured. Regarding to the development of plant species, besides Erythrina velutina, there was a better development in the experimental area without the biotextile. Related to plant height and crown there was a better development of the Enterolobium contortisiliquum and Caesalpinia leiostachya species. It was also observed that and the Erythrina velutina was the only species to show a better development in the area with in comparison to the area without biotextile, and the Cassia grandis did not reach a significant development, according with all measured parameters. A strong and destructive bank erosion process was observed in the site without bioengineering technique application.
Keywords: Rio São Francisco
Baixo São Francisco
Erosão marginal
Biotêxtil
Mata ciliar
Bioengenharia
Proteção ambiental
Meio ambiente
Lower São Francisco River
Bank erosion
Biotextile
Riparian vegetation
Subject CNPQ: CNPQ::OUTROS
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: GOMES, Luciana Godinho Nery. A Bioengenharia como ferramenta para restauração ambiental das margens do Rio São Francisco. 2005. 134 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2005.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4071
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCIANA_GODINHO_NERY_GOMES.pdf10,06 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.