Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4166
Document Type: Dissertação
Title: Variação de curto e longo prazo na ecologia de Callicebus coimbrai Kobayashi e Langguth 1999: implicações para a conservação de populações na paisagem fragmentada da Mata Atlântica de Sergipe.
Other Titles: Short- and long-term variation in the ecology of Calicebus coimbrai Kobayashi & Langguth 1999: implications for the conservation of populations in the fragmented landscape of the Atlantic Forest of Sergipe.
Authors: Fontes, Isadora Pereira
Issue Date: 30-Mar-2011
Advisor: Ferrari, Stephen Francis
Resumo : O conhecimento sobre o comportamento natural de uma espécie ameaçada de extinção é pré-requisito para se trabalhar com a conservação dessas espécies. Dessa maneira, este estudo descreveu o padrão comportamental e a dieta de um grupo de guigós ameaçados de extinção (Callicebus coimbrai) visando uma maior compreensão sobre essa espécie no Estado de Sergipe e, subsidiar futuras estratégias de conservação e manejo de suas populações remanescentes assim como os ecossistemas que habita. O estudo foi realizado na Fazenda Trapsa localizada no município de Itaporanga D Ajuda. Um grupo de Callicebus coimbrai foi monitorado de janeiro a novembro de 2010 usando varredura instantânea (1 minuto de scan a intervalos de 5 minutos) e amostragem de todas as ocorrências . O grupo era composto por um casal de adultos mais um macho adulto e um macho juvenil. O segundo macho adulto desapareceu entre abril e maio enquanto que um infante nasceu em dezembro. O grupo passou 33,5% do tempo descansando, 29,6% em alimentação, 25,1% em deslocamento, 6,8% em interações sociais e 3,1 forrageando (1,9% outros). O período de atividade diária foi significantemente maior durante a estação seca quando o tempo que os guigós passaram descansando também foi significantemente maior. O grupo se alimentou principalmente de frutos (57,3%) e folhas (26,9%), seguidos de sementes (7,8%) e flores (6.7%), com a ingestão de alguns insetos (1,1%). Foi utilizado um total de 49 plantas durante a alimentação, das quais 22 foram identificadas e as demais estão em processo de identificação. Dentre as espécies identificadas, as mais consumidas pertencem às famílias Sapotaceae, Elaeocarpaceae, Myrtaceae. O consumo de fruto e semente foi maior na estação chuvosa. Folhas, flores e insetos na estação seca. O grupo utilizou uma área total de 13,5 hectares com 12,50 hectares utilizados na estação seca e apenas 10,75 hectares na estação chuvosa, com uma preferência significante para a Floresta Madura. No geral, o grupo estudado apresentou padrões típicos para o gênero Callicebus e também apresentou tolerância a fragmentação de hábitats. Os resultados encontrados pretenderam aumentar as informações sobre a ecologia comportamental do C. coimbrai com uma visão sazonal e entre anos visando o desenvolvimento de estratégias de manejo efetivas para Callicebus coimbrai e contribuir com planos futuros de conservação dos fragmentos de Mata Atlântica.
Abstract: This study focused on the behavior patterns and diet of a free-ranging group of endangered titis (Callicebus coimbrai) with the aim of better understanding the ecology of the species in Sergipe and contributing to the development of effective strategies for the conservation of remnant populations and the ecosystems they inhabit. The study took place on the Fazenda Trapsa in the municipality of Itaporanga D Ajuda, where the behavior of a group of C. coimbrai was monitored using scan samples (1-minute scan at 5-minute intervals) and all-events sampling between January and November, 2010. The group was composed of an adult pair, an additional adult male, and a juvenile. The second adult male disappeared in April/May, while an infant was born in December. The overall activity budget of the study group was 33.5% rest, 29.6% feeding, 25.1% locomotion, 6.8% social interaction, and 3.1% foraging (1.9% others). The daily activity period was significantly longer during the dry season, when the time spent at rest was also significantly greater. The group fed primarily on fruit (57.3%) and leaves (26.9%), followed by seeds (7.8%) and flowers (6.7%), with some insects (1.1%). A total of 49 plant species were exploited, with the Sapotaceae, Elaeocarpaceae, and Myrtaceae being the most important families in terms of the number of feeding records. The consumption of fruit and seeds was significantly greater in the rainy season, while that of flowers, leaves, and insects was greater in the dry season, although no clear pattern was observed in relation to the availability of fruit or leaves. The study group used a home range of 13.5 ha, and a slightly larger area in the dry season (12.5 ha) in comparison with the rainy season (10.8 ha), with a significant preference for mature forest. Overall, the behavior and ecology of the study group was typical of the genus, which suggests a high degree of tolerance for the effects of habitat fragmentation. The results of the study provide a number of insights into the ecology of the species, in particular the seasonal and longitudinal variation in many parameters, which will provide an important baseline for the conservation of the species and the ecosystems it inhabits.
Keywords: Callicebus coimbrai
Orçamento de atividades
Dieta
Sazonalidade
Fragmentação de hábitats
Callicebus coimbrai
Activity budget
Seasonality
Habitat fragmentation
Subject CNPQ: CNPQ::OUTROS
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4166
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ISADORA_PEREIRA_FONTES.pdf2,76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.