Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4245
Document Type: Dissertação
Title: Comunicação e ética no licenciamento ambiental de Sergipe entre 2003 e 2015
Authors: Lermen, Ivana Ferreira
Issue Date: 29-Sep-2016
Advisor: Santos, Antônio Carlos dos
Resumo : O objetivo dessa pesquisa é analisar as dimensões da comunicação pública e da ética ambiental nos Programas de Comunicação Social provenientes do licenciamento ambiental de Sergipe. Para isso, definiu-se os seguintes objetivos específicos como procedimentos: a) analisar os Relatórios de Impactos Ambientais (RIMA) dos empreendimentos realizados no período de 2003 a 2015 no estado; b) estabelecer a convergência das dimensões da comunicação pública e da ética ambiental em um Programa Integrado de Comunicação e Responsabilidade Social para empreendimentos futuros no estado. Desse modo, parte-se da hipótese que as ações de comunicação definidas pelos empreendedores baseiam-se no modelo assimétrico de duas mãos, o que resulta em um comprometimento do espaço democrático durante o licenciamento ambiental, diminuindo, assim, a incorporação da comunicação pública e da ética ambiental ao longo do processo. Essa pesquisa justifica-se pelos constantes conflitos ocasionados por implementações de empreendimentos em que as comunidades afetadas não veem suas expectativas atendidas diante das medidas mitigadoras apresentadas. Observa-se que as discussões proporcionadas pelas audiências públicas comumente não absorvem as demandas sociais, logo as insatisfações podem se tornar permanentes durante toda a licença de instalação e operação do projeto. As reflexões teóricas da pesquisa foram fundamentadas no embate entre o interesse público e o privado. Dessa maneira, recorreu-se à Teoria Crítica, em especial, aos conceitos de esfera pública e agir comunicativo de Jürgen Habermas como pressupostos teóricos norteadores à comunicação pública. Assim como o conceito de ética ambiental apoiou o debate em torno do reposicionamento do homem em relação à natureza. O método de abordagem da pesquisa é o estruturalismo, em relação às tipologias optou-se pela pesquisa exploratória-descritiva e as estratégias adotadas são a pesquisa bibliográfica e a documental. Para coleta de dados adotou-se a técnica da análise de conteúdo e como forma de interpretação dos dados utilizou-se a avaliação quantitativa e qualitativa. Conclui-se, ao final da pesquisa, que a dimensão da comunicação pública está consolidada através de canais informativos em detrimento dos canais participativos, confirmando, desse modo, a hipótese da pesquisa, enquanto, por outro lado, a dimensão da ética ambiental nem sequer foi considerada.
Abstract: The objective of this research is to analyze the dimensions of public communication and environmental ethics in Social Communication Programs from the environmental licensing of Sergipe. For this, we defined as the following specific objectives: a) analyze the Environmental Impact Reports (RIMA) of the projects carried out from 2003 to 2015 in the state; b) establish the convergence of the dimensions of public communication and environmental ethics in an Integrated Program of Communication and Social Responsibility for future projects in the state. Thus, we start from the hypothesis that the communication actions defined by the entrepreneurs based on the asymmetric model of two hands, resulting in a compromise of democratic space for environmental licensing, thus reducing the incorporation of public communication and environmental ethics throughout the process. This research is justified by the constant conflicts caused by developments implementations in the affected communities do not see their expectations met on the mitigating measures presented. It is observed that the discussions provided by public hearings often do not absorb social demands, so the dissatisfactions may become permanent throughout the installation and operation licenses of the project. The theoretical reflections of the survey were based on the clash between the public interest and the private. Thus, we used the Critical Theory, in particular, the public sphere concepts and communicative action theory of Jürgen Habermas as theoretical assumptions guiding public communication. As the concept of environmental ethics supported the debate on the man's repositioning in relation to nature. The research approach method is structuralism, in relation to typologies opted for exploratory-descriptive research and the strategies adopted are the bibliographic and documentary. To collect data we adopted the technique of content analysis and as a means of interpretation of the data was used the quantitative and qualitative evaluation. It is concluded at the end of the study, that the size of the public communication is consolidated through information channels instead of participating channels, confirming, thus, the hypothesis of the search, while, on the other hand, the dimension of environmental ethics was not even considered.
Keywords: Comunicação pública
Ética do discurso
Ética ambiental
Bioética
Desenvolvimento sustentável
Esfera pública
Responsabilidade social
Public communication
Public sphere
Environmental ethics
Social responsability
Sustainable development
Subject CNPQ: OUTROS
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: LERMEN, Ivana Ferreira. Comunicação e ética no licenciamento ambiental de Sergipe entre 2003 e 2015. 2016. 158 f. Dissertação (Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4245
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IVANA_FERREIRA_LERMEN.pdf3,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.