Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4453
Document Type: Dissertação
Title: Variação temporal e sazonal na estrutura e reprodução de uma taxocenose de lagartos em uma área de caatinga do alto sertão sergipano
Authors: Rocha, Stéphanie Menezes
Issue Date: 1-Mar-2012
Advisor: Faria, Renato Gomes
Resumo : Em ambientes de caatinga são frequentes eventos climáticos catastróficos que acabam por modelar a vida animal e vegetal neste bioma. Assim, este trabalho teve por finalidade avaliar como as espécies de lagartos do Monumento Natural Grota do Angico, Sergipe, respondem às variações ambientais em termos temporais e sazonais. Para isso foram utilizadas informações, tomadas entre janeiro de 2010 e dezembro de 2011, referentes à estrutura da comunidade e reprodução. Foram registradas 14 espécies de lagartos, pertencentes a oito famílias. Com relação à riqueza, foram verificadas pequenas modificações entre os anos e entre as estações estudadas. As abundâncias totais e de cada espécie de lagarto variaram tanto entre os anos, como também entre os sítios. Tropidurus hispidus prevaleceu nos sítios 2 e 3, enquanto que Cnemidophorus ocellifer no sítio 1, em ambos os anos estudados. As espécies mais abundantes em cada sítio no ano de 2010 se mantiveram no ano de 2011. Modificações em relação às estações seca e chuvosa nas abundâncias dos lagartos não foram evidenciadas. Os resultados das análises de correspondência canônica para os anos e para as estações mostraram uma associação entre a ocorrência dos lagartos e as variáveis ambientais (número de bromélias, proporção de rochas e de solo exposto e pluviosidade). No geral, quando considerada a diversidade dos sítios entre os anos e as estações, o sítio 1 foi o mais diverso, seguido dos sítios 3 e 2, respectivamente. Com relação à reprodução, ela foi contínua para C. ocellifer, Lygodactylus klugei e Tropidurus semitaeniatus e provavelmente esteja ligada à imprevisibilidade climática da caatinga. Já T. hispidus reproduziu sazonalmente, coincidindo com a estação chuvosa. C. ocellifer e T. hispidus apresentaram diferenças na atividade reprodutiva entre os anos, sendo estas relacionadas com mudanças na precipitação local. Quanto ao tamanho da ninhada, C. ocellifer e L. klugei produziram até dois ovos por vez, T. hispidus de dois a quatro ovos e T. semitaeniatus dois ovos por ninhada. Cnemidophorus ocellifer, L. klugei e T. hispidus apresentam múltiplas desovas. Por fim, o acúmulo de corpos adiposos em C. ocellifer não respondeu às flutuações na pluviosidade e em T. hispidus e T. semitaeniatus parecem ocorrer depois do período de maior precipitação dessa variável ambiental, porém nenhuma relação com a reprodução desses animais foi evidenciada.
Abstract: In Caatinga environments are frequent catastrophic weather events that ultimately shape the plant and animal life in this biome. Thus, this study aimed to assess how the lizards species of Monumento Natural Grota do Angico, Sergipe, respond to environmental variations in time and seasonal. For this was used information, taken between January 2010 and December 2011, concerning the community structure and reproduction. We recorded 14 species of lizards belonging to eight families. With respect to wealth, there were minor changes between years and between seasons studied. The total abundances and each lizard species varied both between years and between the sites. Tropidurus hispidus prevailed at sites 2 and 3, while Cnemidophorus ocellifer at site 1, in both years studied. The most abundant species at each site in 2010 remained in 2011. Modifications in relation to the dry and rainy seasons in the abundances of lizards did not show. The results of canonical correspondence analysis for years and for the stations showed an association between the occurrence of lizards and environmental variables (number of bromeliads, the proportion of exposed rocks and soil and rainfall). In general, when considering the variety of sites in the years and the stations, the site 1 was the most diverse followed by sites 3 and 2, respectively. Regarding reproduction, it was continuous for C. ocellifer, Lygodactylus klugei and Tropidurus semitaeniatus and probably is linked to the unpredictability of the Caatinga climate. Since T. hispidus reproduce seasonally, coinciding with the rainy season. Cnemidophorus ocellifer and T. hispidus showed differences in activity between the reproductive years, which are related to changes in local precipitation. The size of the litter, C. ocellifer and L. klugei produced up to two eggs at a time, T. hispidus two to four eggs and T. semitaeniatus two eggs per clutch. Cnemidophorus ocellifer, L. klugei and T. hispidus have multiple spawns. Finally, the accumulation of fatty bodies in C. ocellifer did not respond to fluctuations in rainfall and T. hispidus and T. semitaeniatus seem to occur after the period of highest rainfall this environmental variable, but no relation to the reproduction of these animals was observed.
Keywords: Variação sazonal/temporal
Estrutura de comunidade
Reprodução
Lagartos
Caatinga
Seasonal/temporal variation
Community structure
Reproduction
Lizards
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4453
Appears in Collections:Mestrado em Ecologia e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
STEPHANIE_MENEZES_ROCHA.pdf1,81 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.