Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4885
Document Type: Dissertação
Title: Educação e formação moral em Kant
Authors: Santos Filho, José Maximino dos
Issue Date: 24-Feb-2015
Advisor: Freire, Sônia Barreto
Resumo : Nas lições Sobre a Pedagogia, Kant considera que a educação é a condição de possibilidade para o exercício da liberdade. A liberdade é entendida pelo filósofo enquanto capacidade de dominar os impulsos e as inclinações naturais a fim de que o homem possa agir em conformidade com os princípios estabelecidos pela razão, uma vez que, somente a vontade livre pode transformar o homem em um ser autônomo. A educação é concebida por Kant como uma arte, a qual exige na sua consecução a fundamentação sobre princípios práticos, tais como: disciplina e instrução, formação jurídica (entendida por Kant como um catecismo do direito) e, formação moral, ancorada nas leis da razão. Com base na relação entre formação moral e política, a presente pesquisa busca analisar o nexo entre educação, moralidade e a ideia de formação política entendida enquanto via para o exercício da cidadania no sentido cosmopolita. Nesse horizonte, o nosso objetivo consiste em demonstrar que na construção do seu projeto pedagógico, Kant estabelece as condições para a formação do homem moderno em conformidade com o conceito de esclarecimento entendido no sentido crítico, com base no qual pode ser considerada a ideia de formação do cidadão do mundo. A concepção de formação entendida por Kant pode nos auxiliar a pensar a educação contemporânea como um exercício do convívio em sociedade, o que implica na efetivação da cidadania como forma ativa conectada ao respeito e a responsabilidade.
Abstract: In his lectures On Pedagogy, Kant considers education a condition of possibility for the exercise of freedom. Freedom is understood by the philosopher as the ability to dominate impulses and natural wills, so that man can act in accordance with the principles established by reason, since only free will can turn man into an autonomous human being. Kant considers education an art which requires in its achievement a foundation on practical principles, such as discipline and instruction, legal training (understood by Kant as a catechism of right) and moral education anchored in the laws of reason. Based on the relationship between moral and political education, this research analyzes the link between education, morality and the idea of political education understood as a way to citizenship in a cosmopolitan sense. Thus, our goal is to demonstrate that in the construction of his pedagogical project, Kant establishes the conditions for the modern man´s education in accordance with the concept of enlightenment understood in a critical sense and based on the idea of a cosmopolitan education. Kant´s conception of education can help us reflect on the contemporary education as an exercise of life in society, which implies an effective citizenship actively connected to respect and responsibility.
Keywords: Autonomia
Educação
Formação moral
Formação política
Liberdade
Educação e Estado
Política e educação
Educação moral
Sociologia educacional
Cidadania
Sistemas de ensino
Autonomy
Education
Moral education
Political education
Freedom
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação
Citation: SANTOS FILHO, José Maximino dos. Educação e formação moral em Kant. 2015. 65 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4885
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSE_MAXIMINO_SANTOS_FILHO.pdf858,14 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.