Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5481
Document Type: Dissertação
Title: A reestruturação produtiva do capital e o trabalho na agroindústria de Barra do Choça - BA
Other Titles: The productive restructuring of capital and the labor at coffee agroindustry in Barra do Choça - Bahia
Authors: Macêdo, Verônica Ferraz
Issue Date: 18-Jun-2009
Advisor: Costa, José Eloízio da
Resumo : A presente pesquisa analisa a reestruturação produtiva do capital e a questão do trabalho na agroindústria cafeeira e seus rebatimentos no processo de produção do espaço agrário no município de Barra do Choça - BA. Para tanto, essa análise apresenta, num primeiro momento, uma revisão da literatura da Geografia Agrária para entender a inserção do capital no campo e seu processo de monopolização sobre o território. Esta abordagem é feita tendo como parâmetro analítico a territorialização da agricultura cafeeira nas escalas nacional, regional e municipal, do papel do Estado e da importância do processo de trabalho na configuração e produção do espaço agrário. Num segundo momento, são examinados os rebatimentos da reestruturação produtiva do capital na atividade cafeeira no município em tela. Destarte, foi analisada a questão da modernização da agricultura brasileira e as metamorfoses nas relações de trabalho e da produção no campo, de modo a revelar as contradições capital-trabalho na atividade cafeeira. Por último, é tratada a centralidade do trabalho na produção do espaço por entender que esta questão é fundamental para a compreensão da relação campo-cidade e das transformações sócio-espaciais no local de produção (unidade cafeeira) e de reprodução (espaço de moradia dos trabalhadores). Os resultados permitiram afirmar que a reestruturação produtiva do capital apesar de ter um forte vínculo com a atividade industrial, tem avançado e penetrado na agricultura, tanto no que se refere às relações de produção quanto nas relações de trabalho e que apresenta na forma precarizada. A atividade cafeeira no município de Barra do Choça confirma esta hipótese trabalhada. Este município viveu um período de grande dinamismo econômico e social em decorrência da cafeicultura, mas vários motivos provocaram uma crise que levou a decadência de muitos produtores, sobretudo, daqueles que não conseguiram se inserir na nova lógica produtiva. Entretanto, observa-se uma retomada desta atividade em outros moldes produtivos, mas com intensa precarização das condições e relações de trabalho e do enfraquecimento político dos trabalhadores do café, face a sua desorganização. Este cenário tem agravado ainda mais as condições de vida dos trabalhadores submetidos às urdiduras do capital. Por último, o exame dos rebatimentos sócio-espaciais mostrou as vinculações do trabalho cafeeiro com a relação cidade-campo e ainda com a produção do espaço na unidade cafeeira e no local de moradia dos trabalhadores. Diante disso, o espaço do trabalho e da moradia, expressa a precariedade nas relações de trabalho e produção e denunciam a imperatividade dos interesses do capital. Metodologicamente, a pesquisa foi desenvolvida também por trabalho de campo com a realização de visitas em unidades de produção cafeeira do município, realização de entrevistas semi-estruturadas com alguns atores sociais ligados ao segmento cafeeiro, tanto as personificações do capital, como também trabalhadores. Também foram aplicados questionários com amostragem aleatória.
Abstract: This current research analyze the productive restructuring of capital and the labor issue in coffee agroindustry and their outcomes in the process of agrarian area output in Barra do Choça town, BA. Therefore, this analysis presents foremost a review of Agrarian Geographical literature for understanding the insertion of capital in the countryside and its process of monopolization upon territory. This approach is done from analytical perspectives, which are the coffee agriculture territorialization in national, regional and municipal scales, government functions and the importance of the labor process in the configuration and production from agrarian area. Afterwards, are examined the outcomes of the productive restructuring of capital into coffee activity in the town analyzed. Thus, Brazilian agriculture modernization, metamorphosis into relations of work and countryside productions were the issues analyzed, this way is revealed contradictions as capital-labor in the coffee activity. Lastly, the assignment main point is shown into spatial production since this matter is fundamental for comprehension of linkage city-countryside and the social-spatial transformations in the production site (coffee unit) and the reproduction (laborers spatial residences). The results allowed the asserting that the productive restructuring of capital in spite of having a firm linkage with industrial activity, has been upgrading and being insert into agriculture, even in concern production relations or relations in work and which is presented into a shaky way. The coffee activity at Barra do Choça town assures this hypothesis worked on. This town had passed through a major economic and social dynamism by the means of coffee growing, but many reasons provoked a crisis which took to a decadency of many producers, mainly, those who were not able to be filled in into a new productive logical. Nevertheless, is noticed a retake of this activity under another productive molds, but with huge shaky relations and conditions of labor and the laborers politics languishing of coffee, in front of disorganization. This scenario has been deepening even more the conditions of life from the laborers that got the capital s harming. Lastly, the examination of social-spatial outcomes has shown linkages of coffee works with countryside-city relation and still with production of space into a coffee unit and in the laborers spatial residences. In face of it, the space of work and home, express the precariousness onto labor, production relations and denounce the instancy of capital concerns. Methodologically the research also was developed by a field work with interviews in coffee productions units onto town, interviews semi-structured with some laborers linked with coffee segment, as much capital personification, as laborers too. Also were applied random sampling questionnaires.
Keywords: Território
Reestruturação produtiva
Trabalho
Agroindústria
Territory
Productive restructuring
Labor
Agroindustry
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA HUMANA::GEOGRAFIA AGRARIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Citation: MACÊDO, Verônica Ferraz. The productive restructuring of capital and the labor at coffee agroindustry in Barra do Choça - Bahia. 2009. 139 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2009.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5481
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VERONICA_FERRAZ_MACEDO.pdf2,91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.