Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8806
Document Type: Dissertação
Title: Qualidade da paisagem do município de Japaratuba/SE e sua relação com o campo petrolífero de Carmópolis
Authors: Menezes, Daniela Monique Guimarães
Issue Date: 28-Feb-2018
Advisor: Sobral, Ivana Silva
Resumo : A exploração mineral do petróleo é parte integrante de uma extensa cadeia produtiva iniciada com a realização de estudos prévios que buscam definir a viabilidade do estabelecimento da atividade e finalizada com o comércio dos mais variados produtos e subprodutos, cuja matériaprima é petróleo. Para a regulamentação desta atividade e devido a sua grandiosidade que, além de extensa, é onerosa e impactante ao meio ambiente, a exploração petrolífera está pautada na política energética nacional, instituída por meio da Lei Federal nº 9.478/1997. Assim sendo, a exploração do petróleo torna imprescindível a adequação de todas as etapas relacionadas à esta atividade, de acordo com os preceitos do desenvolvimento sustentável, através do licenciamento ambiental, que é um instrumento de gestão ambiental, instituído pela Lei Federal nº 6938/1981, que utiliza condicionantes para o controle de impactos negativos, seja mitigandoos ou compensando-os. Ressalta-se que cada etapa da exploração de petróleo onshore é passível de licenciamento ambiental realizado pelo órgão ambiental estadual competente. Os impactos da exploração petrolífera na plataforma continental afetam diretamente aspectos econômicos, sociais e ambientais, estando todos estes relacionados às alterações da paisagem. Desta maneira, esta pesquisa analisou a qualidade da paisagem e a sua relação com o Campo Petrolífero de Carmópolis, através do mapeamento do uso do solo no município de Japaratuba; da identificação dos componentes da paisagem; do mapeamento da qualidade da paisagem no município; e da definição do Índice de Qualidade da Paisagem de Japaratuba para os anos de 2003 e 2017, comparando-os entre si. Foram identificadas 11 classes de uso do solo, sendo as mais representativas aquelas com finalidade econômica. A classe da Pastagem representou, no ano de 2017, mais de 50% da ocupação do território municipal, correspondendo, portanto, à matriz da paisagem que tanto influencia quanto é influenciada pelas outras classes de uso do solo identificadas no município de Japaratuba, sendo a mais impactante, entre estas, a exploração petrolífera. Em ambos os anos estudados, a qualidade da paisagem em Japaratuba permaneceu inalterada, sendo classificada como regular.
Abstract: The mineral exploration of petroleum is an integrant part of an extensive production chain that starts with the accomplishment of previous studies that seek to define the viability of the establishment of the activity and is finished with the commerce of the most varied products and by-products, whose raw material is petroleum. In order to regulate this activity and due to its greatness, which, in addition to being extensive, is burdensome and impactful to the environment, oil exploration is based on the national energy policy, instituted through Federal Law 9.478 / 1997. Therefore, the oil exploitation makes it essential to adapt all the steps related to this activity, in accordance with the precepts of sustainable development, through environmental licensing, which is an instrument of environmental management, instituted by Federal Law nº 6.938/1981, which uses constraints to control negative impacts, either by mitigating or compensating them. It stands out that each stage of onshore oil exploration is subject to environmental licensing by the competent environmental agency of the states. The impacts of oil exploration on the continental shelf directly affect economic, social and environmental aspects, all related to landscape changes. In this way, this research analyzed the quality of the landscape and its relation with the Petroleum Field of Carmópolis, through the mapping of the land use in the municipality of Japaratuba; identification of landscape components; the mapping of landscape quality in the municipality; and the definition of the Japaratuba's Landscape Quality Index for the years 2003 and 2017, comparing them to each other There were identified 11 classes of land use, with the most representativity the ones with economical being. In the year 2017, the Pasture class represented more than 50% of the occupation of the municipal space, corresponding, therefore, to the matrix of the landscape that influences and is influenced by other classes of land use identified in the municipality of Japaratuba, being the most impacting, among them, the oil exploration. In both years, the quality of the landscape in Japaratuba remained unchanged, being classified as regular.
Keywords: Uso do solo
Exploração de petróleo
Paisagens
Degradação ambiental
Uso e ocupação do solo
Qualidade ambiental
Mineral exploration
Petroleum
Environmental licensing
Subject CNPQ: OUTROS
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: MENEZES, Daniela Monique Guimarães. Qualidade da paisagem do município de Japaratuba/SE e sua relação com o campo petrolífero de Carmópolis. 2018. 113 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/8806
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DANIELA_MONIQUE_GUIMARAES_MENEZES.pdf12,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.